Arquivo da categoria: Crônica

Quarenta

No terceiro dia, o blog não ressuscitou. Reapareceu na manhã do 40º aniversário de seu autor, mas ficou calado, acabrunhado, sorumbático, embezerrado e macambúzio. Fortemente adjetivado em silêncio. Mais três dias e, agora sim, ressuscita. Numa sexta, 13, lá sem … Continue lendo

Publicado em Aniversário, Crônica | 5 comentários

Necrológio de agosto

Meus amores morrem em agosto. Mês de fortes ventos de contrariedade. Sopram, destroem, levam embora. E se algo restou de um agosto passado, o atual se encarrega de enterrar de novo, novamente e quantas vezes for preciso. Já existe caso … Continue lendo

Publicado em Crônica, Livre pensar | 3 comentários

Telhados de Paris

Pour Ananda, ma petite Potisienne Nei, Parece que não há vento. Pode ver. As árvores, ao canto, estão cansadas de qualquer ballet. Ananda, com sua faixa branca nos cabelos, inventa fotos para mim, para eu escrever algo assim, sem necessidade … Continue lendo

Publicado em Crônica | Deixar um comentário

O homem a olhar o mar de Copacabana

A água ficava mais distante. Bem mais. A calçada era estreita; os desenhos das ondas, menores. Largava-se no banco, sem medos, a olhar meninas em maiôs. Todas de generosas curvas, para combinar com a geografia do bairro. A bossa, novíssima, … Continue lendo

Publicado em Crônica, Fotografia, Memória | 1 comentário

As árvores da Jundiaí

As árvores da Rua Jundiaí ainda resistem. De certa forma, não existem, pois quase ninguém lhes dá atenção. Mas continuam lá. Somem casas antigas, dando lugar aos prédios – sempre esses malditos –, e muitas árvores vão com elas. As … Continue lendo

Publicado em Crônica, Natal | 1 comentário

Se existe alguma esperança…

Eu já perdi um filho. Um filho que nem conheci. Ele morreu antes mesmo de nascer, junto com a mãe, que tinha apenas 19 anos. Eu tenho três filhos e sou um incompetente como pai. Se faço algum lamento e … Continue lendo

Publicado em Amigos, Conversa com o leitor, Crônica | 1 comentário

Mais notas na sala de espera

► Para “atendimento por ordem de chegada”, minha tática é a seguinte: chego uma hora antes e quase sempre sou o primeiro. Hoje, me atrasei e acabei chegando 20 minutos depois do início do atendimento. Não contava que todas as … Continue lendo

Publicado em Comportamento, Crônica | 4 comentários

Dor é a fraqueza saindo do corpo

Dor de cabeça, dor de cotovelo, dor de corno, dor dos pecados, dor de barriga, dor de amor, dor na alma. Todo mundo já teve dor. Dores que logo passam, dores que duram, Dolores Duran. A primeira dor física da … Continue lendo

Publicado em Comportamento, Crônica, Saúde | 2 comentários

Notas na sala de espera

► Um livro e um caderno de anotações. Nada eletrônico. Nem celular, nem relógio. É fácil saber as horas. Há relógios em todos os lugares. Ironicamente em um lugar de gente pouco afeita a cumprir horários. ► Tevês. Sempre há … Continue lendo

Publicado em Comportamento, Crônica | Deixar um comentário

A Cidade do Sol roubado

Em Natal, o sol já não nasce para todos. O astro-rei vem sendo privatizado pelos moradores dos arranha-céus de Petrópolis e Areia Preta. De sua posição privilegiada, bem ao lado do trepódromo, o Hospital Universitário Onofre Lopes ainda pode vê-lo. … Continue lendo

Publicado em Crônica, Fotografia, Natal | 3 comentários