Muito a dizer

sampa5

O plano inicial era escrever, sempre à noite ou na manhã seguinte, sobre tudo o que havia sido feito durante o dia. Logo percebi que isso não seria viável. Passava, em média, doze horas andando e chegava com mais de quinhentas fotos (chegou a quase o triplo disso em um único dia). Sentar, escrever, editar texto e fotos era um trabalho que eu não queria, não me permitia e estava mesmo muito cansado para fazer.

Resolvi deixar os relatos de 15 intensos dias em São Paulo para depois que saísse de lá. Foram 26 exposições, meia dúzia de filmes e peças (apesar de adorar cinema e teatro, não estava muito a fim de ficar trancado e sentado), alguns shows musicais, visitas a seis cemitérios (os que não estão acostumados às minhas peregrinações cemiteriais, não se assustem; tudo será explicado nos próximos textos), 40 páginas de anotações manuscritas, mais de 6 mil fotos e um apagão-bônus.

Quem me acompanha pelo Twitter, teve um aperitivo de tudo isso, no calor da hora, por comentários e fotos. Agora, antes de partir para outra viagem na próxima semana, organizo tudo e programo uma série de posts diários aqui no Sempre Algo a Dizer. Vou levá-los às exposições pelas quais passei – Matisse, Rodin, Bresson, Brecheret… –, comentando cada uma delas e mostrando que isso não deve ser visto como simples passeio, mas como uma oportunidade de buscar novos conhecimentos e de trazer para nossas vidas – pessoais ou profissionais (não importando qual seja a profissão) – a leveza e abstração que a arte pode proporcionar.

A série começa neste domingo, 15, com um texto mais pessoal, que fala de Anselmo Duarte, as lições que tirei de meu encontro com ele, o encantamento que ele proporcionou a tantas pessoas e sua importância. Havia pensado em visitá-lo enquanto estivesse em São Paulo. Acabei não fazendo isso e fui surpreendido com a notícia de seu falecimento no sábado, 7 de novembro.

selospNo meio da série, que deve durar duas semanas, eventualmente postarei outros textos. Por isso, todos os textos referentes a essa temporada paulistana estarão na categoria “São Paulo” e trarão este selinho aí ao lado. Além das fotos aqui no blog, você poderá acompanhar também uma série especial, em tamanho maior, no Flickr Uns Dias em Sampa.

É isso. A viagem já vai começar e espero que vocês, como bons companheiros, acrescentem valiosas informações em seus comentários.

Esta entrada foi publicada em São Paulo. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *