08.08.08

Hoje, não derramei nenhuma lágrima.
Hoje, nenhum inocente morreu.
Hoje, apesar da dor, sinto-me mais leve.

Amanhã há de ser outro dia…

Esta entrada foi publicada em Atualidade. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

4 respostas a 08.08.08

  1. Que belo, Sandro! Esse teu blog é bom demais… Ah, adorei te conhecer pessoalmente, amigo! Eu e Cefas adoramos a noite.
    Aparece no meu blog, Paraíso Perdido, vou ficar super feliz! Beijão.

  2. Wilson disse:

    Não fosse o Hoje com suas esperanças, seria incoerente viver os tantos hoje que já passaram. 🙂

    Se não for hoje será no hoje que virá.

    Abração.

  3. Meire disse:

    Que foi , um surto Schopenhauriano?
    Lindo.
    Surte sempre.

  4. márcia disse:

    já é outro dia!!! e você é “o cara”. esqueça não. beijão!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *