Noite Ilustrada

Enquanto muitos se esforçam em parecer geniais e cheios de cultura, eu continuo dando publicidade a minha ignorância. Hoje, dia do meu aniversário (“parabéns”, “obrigado!”), lembrei de uma pessoa que, se viva, estaria completando 80 anos: Mário de Souza Marques Filho. Nunca ouviu falar? Mas de Noite Ilustrada já.

Lá pelo final da década de 80 e início da de 90, eu não sabia quem era ele. Esse negão lindo, que manteve sua voz poderosa até o fim de seus dias, apresentava-se sempre em Natal, onde eu morava naquele tempo. Via os cartazes anunciando Noite Ilustrada e pensava: “Que nome mais brega para se dar a uma festa!”. E a ignorância foi a única culpada por me fazer perder várias oportunidades de admirar seu Mário de Souza.

Como diria o próprio, nos versos de Paulo Vanzolini imortalizados por sua voz, “levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima”. E viva o Noite!

Esta entrada foi publicada em Aniversário, Música, Memória. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

8 respostas a Noite Ilustrada

  1. Tem uma música dele massa: “eu já derramei um rio de lágrimas…”. Recomendo ouvir na voz de Zezo.

  2. Sandro Fortunato disse:

    Ômi, deixe de blasfêmia! 😛

    Minha Rainha, composição dele e de Lourenço Cavalcante Neto, é uma TREMENDA MÚSICA. Todo mundo já ouviu “Eu já derramei um rio de lágrimas,/ muitas vezes chorei minhas mágoas/ só porque eu te amo demais/ Olha amor,/ dediquei a você minha vida inteirinha…”. Teve mais de 100 gravações. Dá pra escolher com quem se quer ouvir. Gosto muito nas interpretações dele e de Nelson Gonçalves (outro que estupidamente deixei de ver ao vivo)

    Para ouvir Noite: http://umquetenha.blogspot.com/search/label/Noite%20Ilustrada

  3. Feliz Aniversário rapaz…muito sucesso sempre.

    Beijos

  4. wilson disse:

    Noite Ilustrada pertencia às Noites Paulistanas. Bares, boates e fins de noite no Bar do Jeca. Classudo, Inteligente, brincalhão dava-se com todos. Era uma alegria só, quando ele estava por perto. Ao tempo das tardes musicais do Metro ele fez muitos shows na estação São Bento.
    Uma boa lembrança!
    Abração!

  5. Edmar disse:

    Sou fã de noite ilustrada, aprendi com meu pai que também era e que por tabela me fez gostar de Nelson Gonçalves, Clara Nunes dentre outros. Nunca tive oportunidade de assistí-lo ao vivo, mas já escutei gravações de shows e percebi que ao vivo a voz dele ainda era melhor. Finalmente acho que das músicas que ele gravou as de Ataulfo Alves formaram uma parceria perfeita com a sua voz, ficaram marcados na minha mente os trechos “laranja madura na beira da estrada, está bichada zé ou tem maribondo no pé” e “ela tem dezoito anos e eu vou fazer 56, ela está no período sonhador e eu na idade de fazer bobagem”.

  6. Diego Viana disse:

    Fantástica lembrança, Sandro! Grande Noite Ilustrada, saudade de escutar sua voz…

  7. OSWALDO disse:

    PARABENS,
    ME EMOCIONEI COM A MATERIA S/O QUERIDO NOITE ILUSTRADA

  8. CesarDraw disse:

    Pessoal, quando eu era criança ouvia muito uma música que o Edmar mencionou, eu gostaria muito de saber o nome dela, album etc…
    O trecho da música é esse: “ela tem dezoito anos e eu vou fazer 56, ela está no período sonhador e eu na idade de fazer bobagem“

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *